6 amuletos da sorte que as pessoas usam

0

Os amuletos são usados pelas pessoas que estão em busca de proteção contra a má sorte. A palavra amuleto é originaria do latim “amuletun“, que significa “um objeto para ser usado para a defesa”.

Assim, o objetivo dos amuletos é proteger os ambientes, afastar coisas ruins e atrair energia positivas.

1. Sal grosso

O sal grosso é capaz de renovar a energia e neutralizar a negatividade. Além de ser símbolo de proteção, purificação e força.

Há quem o coloque em um recipiente perto das portas da casa ou quem ande com um saquinho de sal grosso na bolsa.

O banho de sal grosso também é muito usado para afastar a negatividade e fazer a renovação energética. Basta colocar o sal grosso em um balde com água e jogar no corpo, do pescoço para baixo.

2. Pé de coelho

O pé de coelho é usado como amuleto para atrair sorte e dinheiro para quem o tem. Isso porque, o coelho simboliza a fertilidade, abundância, prosperidade e inteligência.

Na maioria das vezes, esses amuletos são usados em forma de chaveiro. Entretanto, somente o pé traseiro esquerdo do animal é considerado um amuleto.

A tradição do uso do pé de coelho como amuleto surgiu com o povo afro-americano e hoje caiu em desuso devido às questões de proteção animal.

3. Olho grego

Também chamado de olho turco, este amuleto tem se tornado bastante popular, sendo usado em joias, chaveiros e etc.

O azul presente em vários tons no amuleto foi a cor escolhida pelos antigos que acreditavam que o mau-olhado também é azul. Assim, o olho grego sendo da mesma cor seria capaz de repelir essa negatividade.

De acordo com a crença, se o vidro do olho grego rachar é porque o amuleto foi eficaz na proteção contra o mau olhado.

O olho grego é uma proteção contra o mau-olhado, a inveja e energia negativa.

4. Trevo de quatro folhas

O trevo de quatro folhas é tido como símbolo de sorte por ser bastante raro de ser encontrado na natureza, ao contrário do trevo de três folhas que é mais comum.

Muitas culturas possuem o número “4” como sendo mágico, por se referir ao número de pontos cardeais (norte, sul, leste e oeste), às estações do ano (verão, outono, inverno e primavera), ao números de elementos (terra, ar, fogo e água) e às fases da lua (crescente, cheia, minguante e nova).

Acredita-se que o uso do trevo de quatro folhas como amuleto tenha começado com os Druidas, que foram povos de origem indo-europeia que ocuparam a Europa no período pré-romano.

5. Ferradura

A ferradura é tida como um amuleto poderoso desde a Grécia antiga e é normalmente usada atrás de portas de casas e comércios.

A ferradura protege e traz sorte ao ambiente em que ela se encontra. Além disso, acredita-se que o ferro é uma matéria prima capaz de curar todo o mal.

Além disso, por ter o formato de meia lua, os antigos acreditavam que a ferradura seria sinônimo de prosperidade e fertilidade.

A ferradura deve ser colocada atrás da porta com a abertura virada para cima, caso contrário a sorte e proteção vão embora.

6. Figa

A figa pode ser usada tanto como um amuleto quanto pode ser um gesto feito com a mão fechada e com o dedo polegar entre o dedo indicador e do meio.

A figa surgiu na Itália. O polegar era uma referência ao órgão sexual masculino, sendo também visto como símbolo de fertilidade e erotismo.

A figa foi incorporada como amuleto pelas religiões de origem africana, como forma de se proteger dos maus espíritos. Ao fazer o gesto de figa, acredita-se que o corpo é “fechado”, ficando protegido de forças do mal.

Este gesto é tido como um amuleto eficaz contra forças do mal, doenças e má sorte.

Deixe Um Comentário