7 fenômenos naturais espetaculares

0

A Terra é palco de fenômenos naturais belíssimos. Eles impressionam pela raridade ou por ocorrerem em lugares de difícil acesso. No céu e nos mares, esses fenômenos deixam qualquer pessoa de boca aberta!

Confira 9 fenômenos naturais espetaculares ao redor do mundo:

1. Deserto de sal

Na Bolívia, o “Salar de Uyuni” é um deserto constituído por crostas de sal.

Esse sal tem origem de milhares de anos a partir de lagos e mares que antes existiam no local.

A impressão que se tem ao andar em um deserto de sal é que se está caminhando sobre um espelho que reflete o céu.

Há desertos semelhantes em outros países, como Argentina, Chile, EUA, Tunísia e Namíbia.

É realmente um fenômeno de incrível beleza.

2. Chão de estrelas

A impressão que se tem ao observar esse fenômeno que ocorre nas Ilhas Maldivas é que as estrelas do céu “caíram”.

São milhares de pontos luminosos que são causados pela luz neon emitidas por fitoplânctons.

O fenômeno é chamado de bioluminescência, onde ocorre a transformação da energia química em luz.

Esse processo de produção de luz pelos fitoplânctons é o mesmo que ocorre com os vaga-lumes quando emitem pontos de luz durante a noite.

3. Migração das borboletas monarcas

Milhões de borboletas monarcas migrando dos Estados Unidos ao México. Este é um fenômeno natural que ocorre quando as temperaturas nos EUA diminuem e as borboletas migram em busca de um local mais quente.

O voo das borboletas, que percorrem aproximadamente 4.000 quilômetros, forma um espetáculo colorido no céu.

4. Relâmpagos do Rio Catatumbo

O local que possui a maior incidência de raios do mundo é o Rio Catatumbo, na Venezuela.

No local, durante mais da metade do ano (cerca de 160 dias), tempestades de raios podem ser vistas diariamente por aproximadamente 10 horas. Nessas tempestades, mais de 280 descargas elétricas são emitidas.

O belo fenômeno atrai turistas de todo o mundo para o local.

5. Lago Rosa

Um lago em que suas águas são de um rosa intenso. Este é o Lago Hillier, localizado em Middle Island, que é o maior conjunto de ilhas que compõem o Arquipélago de Recherche, na Austrália.

Mesmo se você coletar a água do lago em um recipiente, ela continuará sendo rosa. A coloração inusitada se deve a baixa concentração de nutrientes na água e ao crescimento desordenado de bactérias e algas.

Ao redor do lago, há uma borda de sal branco e o lago está cercado por uma floresta de vegetação densa. Esta floresta separa o lago do Oceano Atlântico.

O Lago Hillier não é o único lago rosa da Austrália Ocidental. Há na região outro lagos de coloração semelhantes, que são o: Pink Lake, Hutt Lagoon, Field of Pink Lakes e o Quairanding Pink.

6. Basalto colunar

Na costa da Irlanda, está localizada a Calçada de Gigantes, onde se forma o basalto colunar.

Este fenômeno pode ser visto quando um fluxo espesso de lava vulcânica se resfria e acaba se contraindo em forma vertical e rachando em sentido perpendicular na direção em fluía.

O que impressiona neste fenômeno é a regularidade geométrica esculpida com a lava. São formas hexagonais tão perfeitas que parecem ter sido esculpidas por seres humanos.

7. Aurora boreal

Também chamada de Aurora Polar, a Aurora Boreal pode ser vista somente em regiões polares da Terra.

Considerado um dos mais belos fenômenos naturais, ela também ocorre em outros planetas, como Júpter, Marte, Saturno e Vênus.

O efeito se dá por conta do impacto das partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra. Essas partículas são canalizadas pelo campo magnético da Terra, ocasionando as luzes, que possuem as mais variadas colorações.

O fenômeno de luzes multicoloridas pode ser visto entre os meses de março a abril e de setembro a outubro.

Deixe Um Comentário