7 festivais bizarros comemorados ao redor do mundo

0

Em muitos países grandes festivais tradicionais são comemoradas há muitos anos e acabam virando tradição e feriados nacionais.

Essas comemorações são esperadas com ansiedade todos os anos e até mesmo se transformam em atrações turísticas.

Confira 7 festivais curiosos comemorados pelo mundo afora:

1. Festival de Tinku – Macha (Bolívia)

No mês de maio, há mais de 600 anos, esse feriado é comemorado na Cordilheira dos Andes Bolivianos.

Milhares de pessoas vão à cidade de Marcha participar do tradicional Festival de Tinku. Neste dia, homens e mulheres saem às praças públicas para tirar sangue uns dos outros.

O ritual, semelhante a uma grande pancadaria, é uma tradição que os bolivianos acreditam que faz com que os deuses mandem fartura na próxima colheita.

A palavra tinku é de origem quechua e significa reunião ou encontro.

2. Haxey Hood Games – Lincolnshire (Inglaterra)

Este é um jogo que envolve uma multidão tentando levando um taco de couro em direção a um dos quatro pubs da cidade, onde o tubo ficará até o ano seguinte.

Esta é uma tradição de mais de 650 anos e remonta a lenda do século XIV que conta que Lady Mowbray perdeu sua capa de seda na floresta.

Um grupo de homens teriam saído para procurar a capa e um homem do campo a achou, mas ficou com vergonha de entregar pessoalmente a Lady de Mowbray e, por isso, pediu que um amigo fizesse a entrega.

O amigo foi recompensado com muitos hectares de terra e teve que prometer a Lady Mowbray que a busca pela capa seria encenada todos os anos.

No jogo, cada membro do time assume o papel de um personagem: um “lorde”, um “bobo” e 11 “feios”. O “bobo” tem o direito de beijar qualquer mulher que encontrar pelo caminho e, a donzela foi substituída por um pub. A capa foi substituía pelo taco de couro.

3. A Batalha das laranjas – Ivrea (Itália)

Este é um evento que ocorre durante o Carnaval de Ivrea e relembra um levante que ocorreu no século XII.

A Itália excede sua cota de produção de laranjas e, para manter o acordo com a União Europeia, e para manter o preço da fruta razoável, elas são esmagadas na Batalha das Laranjas (Battaglia delle Arance).

Os Italianos jogam aproximadamente 500 toneladas de laranjas uns contra os outros.

4. Dia dos Gansos – Lekeitio (Espanha)

O Dia dos Gansos (Dia de Los Gansos) é comemorado há pelo menos 350 anos na cidade de Lekeitio, região basca espanhola, e nada mais é do que um grupo de espanhóis que tentam decapitar um ganso morto, que é pendurado em uma corda no meio das águas do porto da cidade.

Os participantes chegam de barco até onde o ganso está e se jogam na água para decapitar o animal. As regras dizem que o ganso deve ser decapitado usando apenas as mãos.

Enquanto há aqueles que estão na água tentando decapitar o ganso, há outros participantes (chamados de rivais) que levantam a corda do ganso e retiram o animal da água.

A ideia é que dessa forma, os caçadores de ganso também sejam levantados e esse movimento brusco ajude na decapitação no animal.

Aquele que consegui pegar o pescoço do ganso é o grande vencedor. Nos últimos tempos, para amenizar o sofrimento do animal, o ganso já é colocado na corda morto.

5. Jogo da Ponte – Pisa (Itália)

O Jogo da Ponte (Gioco del Ponte) é mais um dos festivais inusitados italianos. Ele ocorre todos os anos desde 22 de fevereiro de 1568.

As equipes de seis bairros históricos da cidade disputam a batalha pela posse da ponte que atravessa o rio Arno e divide a cidade de Pisa.

Os grupos se vestem com trajes medievais e cada equipe de 20 homens empurra um carrinho com cerca de sete toneladas para o lado oposto da ponte.

Em cada extremidade do caminho há a bandeira com as cores de cada equipe. A equipe que consegui bater primeiro na bandeira da equipe adversária vence.

Há muitas rodadas e a equipe que somar mais pontos no final é declarada como grande vencedora.

6. Dias dos mortos congelados – Nederland (Estados Unidos)

Esta grande festa acontece no final do inverno quando ainda há neve em Nederland, no Colorado.

A principal atração do festival é uma corrida em equipe de seis pessoas que carregam um caixão por um caminho repleto de obstáculos. Um dos membros da equipe fica dentro do caixão representando um morto.

A comemoração começou como uma homenagem à morte do avô de um dos organizadores. O corpo do homenageado está mantido congelado em nitrogênio líquido há mais de 25 anos.

Entre as atrações do festival estão o arremesso de salmão, concurso camiseta congelada, desfile em carro funerário e mergulho polar.

Certamente, o “Frozen Dead Guy Days” é um dos festivais mais bizarros dos quais alguém pode participar.

7. Guerra de Tomates – Buñol (Espanha)

Chamada de “La Tomatina” esta é festa que ocorre em praça pública pelas ruas da cidade espanhola de Buñol, Valência.

O evento é festejado desde 1944 e convida a todos a entrar em uma verdadeira guerra em que tomates são usados como munição.

Em 2002, a La Tomatina foi reconhecida pela Secretaria Geral do Turismo Espanhola como uma Festa de Interesse Turístico Internacional.

Deixe Um Comentário