Aprenda mais sobre o Monte Fuji

0

O Monte Fuji é um dos pontos turísticos mais famosos do Japão. Trata-se de um vulcão adormecido que está inativo há mais de 300 anos.

Contudo, o vulcão pode voltar a entrar em atividade e está em estado de atenção após um terremoto que atingiu a costa do Japão em 2011.

O Monte é conhecido entre os japoneses como Fuji-san. A origem desse nome é incerta, mas há que diga que ele tem origem na língua da tribo indígena Ainu e significa “vida eterna”.

Há quem defenda a tese de que o nome da montanha faz referência a Fuchi, a deusa budista do fogo.

O Monte Fuji também é chamado no ocidente de Fujiyama.

A grandeza do Monte Fuji

O Monte Fuji está localizado na Ilha de Honshu que faz parte do arquipélago japonês. É a montanha mais alta da ilha, medindo 3.776 metros de altura.

A cratera tem aproximadamente 820 metros de profundidade e 1.600 metros de diâmetro. Em comparação com os outros cumes do mundo, o Monte Fuji ocupa a 35° posição em relação a altura.

Subida ao Monte Fuji

Três cidades cercam o Monte Fuji. São elas: Gotemba, Fuji-Yoshida e Fujinomiya.

Além de ser muito visitado por turistas de todo o mundo, aproximadamente 20.000 pessoas escalam o Monte Fuji anualmente.

As subidas ao monte são mais frequentes entre os meses de julho e agosto. As quatro rotas mais usuais de subida são: Fujinomiya, Gotemba, Yoshidaguchi e Subashiri.

Nas rotas há 10 paradas de apoio para os alpinistas pararem para descansar e se alimentar. Os valores dos serviços vão ficando mais caros a medida em que vai se aproximando do cume.

Muitos japoneses também fazem a subida do Monte. Há até mesmo um ditado que diz que todos que nascem no Japão devem fazer a subida da montanha ao menos uma vez para ser abençoado espiritualmente.

Monte é conhecido por sua beleza

Devido a sua simetria, o Monte Fuji é considerado uma das mais belas montanhas do mundo.

Na primavera, o vulcão é coberto de neve e cercado pelas flores de cerejeiras. Um típico cartão postal japonês.

Nos dias claros, é possível avistar a montanha das cidades de Tóquio e Yokohama atrás dos prédios.

A melhor vista do Monte Fuji é da estação Shin Fuji, que fica a cerca de 45 minutos de Tóquio. Durante a viagem no trem-bala, é possível avistar o Monte pela janela.

Montanha é considerada sagrada para religiões

Muitas religiões consideram o Monte Fuji um local sagrado. O povo da tribo Ainu, por exemplo, tem por costume fazer reverências ao vulcão.

Já os antigos budistas japoneses, acreditavam que o Monte Fuji, bem como o Monte Haku e o Monte Tate, seria uma porta de entrada para um novo mundo. Esses montes são considerados as “Três Montanhas Sagradas” do Japão.

Os xintoístas construíram um santuário no topo do Monte, pois acreditam que é uma forma de acalmar a deusa Sengen-Sama, que esses religiosos consideram como a encarnação divina da natureza.

A seita Fujiko acredita que o Monte é dotado de alma.

Monte similar na Nova Zelândia

O Monte Taranaki, na Nova Zelândia possui a forma e a simetria bastante semelhante ao Monte Fuji, tendo inclusive sido usado como cenário para gravação de filmes que se passam no Japão como “O Último Samurai“, produção cinematográfica norte-americana de 2003.

Deixe Um Comentário