A assustadora igreja dos fantasmas de Luková

0

Se você se interessa por locais assustadores e mal assombrados, não pode deixar de conhecer a famosa igreja dos fantasmas de Luková.

Luková é um vilarejo no interior da República Tcheca, onde está localizada a Igreja de São Jorge (Kostel sv. Jiří), que é famosa por conta das figuras fantasmagóricas que lá se encontram.

São 32 esculturas ocas que são feitas com tecidos grossos e gesso. Elas estão posicionadas tanto nos bancos quanto por toda a extensão da igreja como se estivessem em uma celebração.

Os detalhes das esculturas impressionam

Há esculturas em pés e sentadas, com diferentes feições. O realismo das obras que são feitas em tamanho real e os detalhes tornam o cenário ainda mais macabro.

Os detalhes estão nas dobras dos tecidos que permitem expressão corporal das estruturas. As obras são tão realistas que é possível até mesmo achar que são fiéis na igreja.

O que as imagens representam

As esculturas da Igreja de São Jorge representam os alemães que viviam na região e que morreram durante a II Guerra Mundial.

Esses alemães eram chamados de sudetos, que também é o nome de uma cadeia de montanhas que estão na fronteira da República Tcheca, Polônia e Alemanha.

Os túmulos dos alemães estão ao redor da igreja, onde o completo silêncio torna o local ainda mais sinistro.

A história da Igreja de São Jorge

A Igreja de São Jorge é uma obra do século XIV, mais precisamente de 1352.

Ao longo de sua história, a igreja passou por incidentes como saques, incêndios e desabamento, sendo reformada diversas vezes.

Em 1968, após o desabamento de parte do telhado da igreja durante um funeral, o local ficou praticamente abandonado.

A construção das esculturas

O artista tcheco Jakub Hadrava é o responsável pela a construção das representações fantasmagóricas que levaram fama à Luková.

Em 2012, um professor da faculdade de artes passou uma tarefa aos alunos em que eles deveriam procurar igrejas em estado precário onde pudessem colocar instalações artísticas.

Jakub encontrou a cerca de 120 km de Praga, em Luková, o local ideal: a Igreja de São Jorge.

Com a ajuda de seus colegas de classe, Jakub começou a criar as esculturas.

A primeira delas foi feita dentro da igreja. As outras, no entanto, foram feitas na faculdade de artes, para onde Jakub chegou a levar um dos bancos da capela.

O processo foi semelhante em todas as esculturas: o modelo era protegido por uma capa de chuva, se fazia o acerto da posição no banco, cobria o modelo com um tecido com gesso e esperava secar.

A exposição recebeu o nome de “My Mind” (Minha Mente).

O simbolismo das obras de arte da Igreja de São Jorge

Como a República Tcheca é um dos países menos religiosos do mundo, Jakub pretendeu com seu trabalho lembrar as pessoas de um tempo em que a fé fazia parte do cotidiano de todos.

Mas, atualmente, muitas igrejas estão vazias e abandonadas, da mesma forma que a mente das pessoas que deixaram de ter fé.

Desde 2013, mais de 10 mil dólares já foram arrecadados com a exposição, o que permitiu que se fizessem obras no telhado da Igreja de São Jorge. Cada vez mais a atividade turística cresce no local por conta dos famosos fantasmas de Luková.

Deixe Um Comentário