Benefícios do vinho para a saúde

0

Presentes em muitos planos de emagrecimento, como a dieta mediterrânea, o vinho traz uma série de benefícios para a saúde. Isso se deve, principalmente, ao poder antioxidante dos componentes da bebida.

Apesar disso, é preciso consumir a bebida com moderação. O que significa uma taça para as mulheres e duas taças para os homens por dia e acompanhando as refeições.

Em relação a qual o melhor vinho para ser consumido, o vinho tinto possui uma quantidade maior de polifenóis, que o vinho branco.

Para quem não é adepto às bebidas, o suco de uva concentrado traz benefícios semelhantes à saúde. Contudo, o álcool favorece a maior absorção dos nutrientes da uva.

1. Auxilia no emagrecimento saudável

Qualquer alimento consumido em excesso engorda, mas se consumido com moderação, o vinho ajuda no emagrecimento saudável.

A bebida possui uma substância chamada de piceatannol, que retarda a formação de células novas de gordura e impede que as células já existentes se desenvolvam.

Para o emagrecimento é essencial tomar uma taça de vinho aliada à uma dieta saudável e a prática de exercícios físicos.

2. Faz bem para o sistema cardiovascular

Os polifenóis presentes no vinho, como o resveratrol, fazem dele um poderoso antioxidante, que fortalece o sistema imunológico e combate os radicais livres que impedem o bom funcionamento do organismo.

Esses polifenóis, junto com as vitaminas presentes na bebida permitem que a circulação do sangue ocorra de forma mais fluída, evitando que coágulos se acumulem nas artérias e prevenindo o Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o infarto.

O vinho também é rico em vitamina E, que também é antioxidante e possui ação detox no organismo. Além disso, seu consumo ajuda no aumento do colesterol bom no organismo e na diminuição do ruim, atuando também no controle da pressão arterial.

Assim, beber vinho com moderação ajuda na proteção do sistema cardiovascular e no melhor funcionamento do organismo como um todo.

3. Contribui para o relaxamento e bem-estar.

Beber uma taça de vinho diária faz com que o cérebro libere endorfina, que é um hormônio que causa a sensação de bem-estar, felicidade e relaxamento.

A endorfina é produzida pela glândula hipófise, e é o mesmo hormônio liberado quando praticamos exercícios.

Ao favorecer o relaxamento, a endorfina previne a hipertensão e doenças como ansiedade e depressão. Além disso, faz com que a pessoa tenha mais energia para as atividades diárias.

4. Fortalecimento dos ossos

Beber vinho moderadamente fortalece os ossos e artérias. Esta foi a constatação de estudos realizados por universidades suecas e norte-americanas.

Assim, os componentes da bebida ajudam na prevenção de doenças como osteoporose, artrite e aparecimento de varizes, que são motivos frequentes de dores, principalmente nas pernas.

5. Bom para o cérebro

Segundo um estudo feito pela Universidade do Arizona, beber vinho previne a coagulação do sangue e a inflamação dos vasos sanguíneos, que são causas da perda de memória.

O vinho também é um aliado na prevenção de doenças como o Alzheimer, pois o resveratrol inibe os efeitos nocivos da proteína peptídeo Aβ1-42, sendo muito benéfico ao sistema neurológico.

6. Bom para a visão

A ingestão do vinho de forma moderada faz com que a degeneração da retina, que ocorre com a idade, fique mais lenta, além de prevenir o risco de cegueira.

Tudo isso por conta do poder antioxidante dos componentes presentes na bebida.

Deixe Um Comentário