As cavernas mais incríveis do mundo

0

As cavernas são formações rochosas constituídas há milhões de anos. Em todo o mundo há diversas cavernas, mas são poucas que se destacam por sua beleza estonteante e ao mesmo tempo possibilitam a visitação.

Confira 8 das cavernas mais incríveis do mundo:

1. Capelas de Mármore – Chile

São uma série de cavernas que estão esculpidas no Lago General, localizado na região da Patagônia chilena.

O lugar é compostos de três tipos de formações, que são as chamadas: Catedral, Capela e Caverna.

As colunas em tons brancos, turquesa e esmeralda refletem na água cristalina do lago. Há cerca de 12 mil anos que a água modela as paredes de mármore que formam as cavernas.

2. Algar de Benagil – Portugal

O Algar de Benagil é uma gruta localizada próximo à Praia de Benagil, em Algarve.

Trata-se de uma cavidade natural formada pela erosão da água e do vento. O visual é fantástico, porém, o local é de difícil acesso. Só é possível chegar pela água, a partir d embarcações.

3. Antelope Canyon – Estados Unidos

O Antelope Canyon está localizado no estado do Arizona, na área dos índios Navajos.

O local é um cânion estreito, em que suas paredes foram moldadas pelas muitas erosões e enchentes ao longo do tempo.

A luz que entra no cânion forma desenhos nas paredes, que possuem tons de vermelho, rosa, amarelo e marrom.

A gruta, que é muito visitada e fotografada é tida pelos índios Navajos como sagrada.

4. Cenote Ik Kil – México

Os cenotes se constituem em piscinas naturais de águas doces localizadas abaixo da superfície da Terra, em buracos ou grandes cavernas. Essas piscinas estão em formação há milhares de anos.

Há diversas dessas formações no México, sendo a mais conhecida o Cenote Ik Kil, que está localizado próximo às ruínas de Chichén Itzá.

Uma curiosidade é que a civilização Maia considerava os cenotes como portais mágicos.

5. Batu Caves – Malásia

A Batu Caves abriga um conjunto de cavernas onde também está localizado um templo hindu. O santuário é dedicado ao deus da vitória e da guerra, Murugan.

Este é o maior centro hindu fora da Índia e, anualmente, recebe o festival Thaipusam, que atrai ao local milhares de visitantes.

A formação calcária tem aproximadamente 400 milhões de anos e para entrar na caverna é preciso subir uma escada com 272 degraus.

A Batu Caves está localizado a aproximadamente 13 km da capital Kuala Lumpur.

6. Vatnajökull – Islândia

A Vatnajökull possui a maior massa de gelo da Islândia. Com 8.100 km², esta é a segunda maior calota de gelo da Europa. No verão, sua estrutura e forma mudam por conta do derretimento do gelo.

Por questão de segurança, recomenda-se a visitação somente no inverno e com um guia especializado, isso porque o perigo das estruturas de gelo quebrar é menor.

A caverna de gelo, que mais parece composta de vidros em tons de azul está localizada sob uma ilha vulcânica.

7. Caverna Reed Flute – China

Localizada na região chinesa de Guangxi, a Reed Flute (flauta de bambu) é uma caverna natural de calcário que abriga incontáveis formações rochosas que se formam do teto para o chão (estalactite) e também do chão para o teto (estalagmite).

Essa mistura de estalactite e estalagmite, juntamente com as luzes multicoloridas artificias, dão uma visão incrível ao local.

As formações rochosas foram esculpidas há mais de 180 mil anos. Nas paredes há ainda desenhos que datam de 792 d.C., na dinastia Tang.

No interior da caverna, é possível encontrar o tipo de bambu ideal para a fabricação de flautas.

8. Son Doong – Vietnã

O Parque Nacional de Phong Nha-Kẻ Bàng possui mais de 150 cavernas, incluindo a maior caverna do mundo.

Sơn Đoòng, que significa “caverna do rio da montanha”, foi descoberta recentemente, em 2009, e por estar completamente tomada pela vegetação é difícil de notar.

A Sơn Đoòng possui cinco quilômetros de comprimento, 200 metros de altura e 150 metros de largura, o que é um espaço de grandes dimensões para uma caverna.

Deixe Um Comentário