Conheça as belezas e biodiversidades da Patagônia

0

Com 11.043.000 quilômetros quadrados, a Patagônia está localizada na parte mais meridional da América do Sul, se estendendo por parte do território de Chile e Argentina.

O nome “Patagônia” deriva da palavra “patagão”, que significa “pata grande”. Esta denominação foi dada pelo navegador Fernão de Magalhães, em 1520, por causa das pegadas dos Tehuelches, nativos da região.

A primeira impressão do navegador foi que o local era habitado por gigantes. Isso porque a altura dos nativos era de 1.80m, enquanto que naquela época os europeus tinham cerca de 1.55m.

As regiões da Patagônia

Na parte leste, a Patagônia se estende por vales em torno do rio Colorado até Carmen de Patagones, que já se localiza no Oceano Atlântico.

A oeste, se encontra o arquipélago da Terra do Fogo, que é constituído pela Ilha Grande e outras ilhas de menor tamanho.

A Patagônia Argentina se estende pelas províncias de Chubut, Santa Cruz, Rio Negro e Neuquén e toda a parte leste da Terra do Fogo.

Já a Patagônia Chilena inclui o lado ocidental da Terra do Fogo e do Cabo Horn, ilhas da região sul de Aisén e Magallanes, incluindo Puerto Montt, Chiloé, a extremidade meridional de Valdívia e o sítio arqueológico de Monte Verde.

A Cordilheira dos Andes se encontra ao sul e se estende a sudoeste até o Oceano Pacífico.

Região possui o maior número de geleiras não polares

Pelo fato de possuir o maior número de geleiras não localizadas em regiões polares, a Patagônia chama a atenção do mundo e recebe por ano milhares de turistas.

A temperatura na região se mantém baixa, variando de 10ºC no verão a até -20ºC no inverno. A média do clima durante o ano é de -10ºC.

As condições climática se dividem em árido, frio, subártico e temperado. Os ventos fortes estão presente durante grande parte do ano.

De Patagônia, partem excursões para a Antártida.

Biodiversidade da Patagônia

A biodiversidade da Patagônia é bastante rica e ainda pouco explorada pelo homem. Na região, é possível encontrar vários tipos de biomas, como rios, montanhas, desertos secos e frios, gelo glacial e florestas de pinheiros.

A fauna também é diversa, sendo possível encontrar animais como leões marinhos, pinguins, binguás imperiais e até baleias, que surgem entre os meses de julho a dezembro.

Ao chegar na Patagônia, é possível fazer excursões específicas para ficar bem próximo das baleias e até mesmo tocar nelas.

No local, há diversas áreas demarcadas para a preservação e conservação das espécies da região.

Atrações oferecidas aos turistas

Grande parte dos visitantes que vão à Patagônia desejam ver a neve e as geleiras. Por isso, lá há estações que oferecem ao visitante a prática de diversas atividades que podem ser praticadas na neve.

A pesca esportiva, montanhismo, trekking, cruzeiros, mergulho, passeios de barco e cavalgada são algumas das atividades oferecidas aos visitantes.

No local, também é possível, com muita sorte, vislumbrar a Aurora Boreal. Este é um dos fenômenos naturais mais espetaculares vistos em nosso planeta.

Deixe Um Comentário