Conheça o histórico Monte Rushmore

0

O Memorial Nacional do Monte Rushmore está situado em Keystone, no estado norte-americano de Dakota do Sul. Trata-se de uma escultura de grandes proporções localizadas na região de Black Hills.

No monumento, está esculpido o rosto de quatro presidentes dos Estados Unidos que fazem a representação dos primeiros 150 anos da história política dos Estados Unidos.

Os presidentes são: George Washington (1789 – 1797), Thomas Jefferson (1801-1809), Abrahan Lincoln (1861-1865) e Theodore Roosevelt (1901-1909).

Como o Monte Rushmore foi construído

A construção do Monte Rushmore começou em 1927 e a conclusão dos rostos ocorreu em 1939. O memorial foi inaugurado somente em 1941.

Conhecido por seu nacionalismo, o dinamarquês naturalizado norte-americano, Gutzon Borglum, foi o responsável pela construção do monumento que demorou 14 anos para ficar pronto.

O escultor morreu um pouco antes da conclusão do monumento. Assim, a escultura foi concluída pelo filho de Gutzon, Lincoln Borglum.

Construção foi feita de forma rústica

Cada escultura de presidente possui mais de 18 metros de altura e está em uma área de cerca de 1.278 hectares, o equivalente a mais de 5 quilômetros quadrados.

O que é mais impressionante é que o monumento de grandes proporções foi feito sem o uso de tecnologias avançadas.

Além disso, o granito da montanha é tido como uma das pedras mais duras do planeta, tanto, que os geólogos calculam que a erosão na escultura seja somente de 2,5 centímetros a cada 1.500 anos.

Para talhar a escultura foram usaram dinamites, martelos, marretas e cunhas de aço.

Os custos do Monte Rushmore

A construção do Monte Rushmore custou aproximadamente US$ 989.992,32. Este valor é considerado baixo atualmente, diante da grandeza do monumento.

A construção do monumento foi tida como perigosa, mas apesar do longo tempo e das adversidades nenhum trabalhador durante as obras. Cerca de 360 homens trabalharam na construção do Monte Rushmore.

Em 1998, o Memorial passou por uma reforma que durou dez anos. Isso porque, havia a necessidade de tornar o ambiente mais agradável para os turistas.

Atualmente, manutenções são feitas no Monte por alpinista que selam as fissuras ocasionadas pelas erosões frequentes.

Monte gerou polêmica com os nativos americanos

Os Estados Unidos ocuparam uma área pertencente a tribo Lakota Sioux, depois da a Guerra de Black Hills. E como se isso não bastasse, a montanha em que foram feitas as esculturam era considerada sagrada pelos nativos americanos.

Em 1868, o Tratado do Fort Laramie teria concedido as terras para a tribo Lakota de forma perpétua, mas a posse durou apenas seis anos.

Por esse motivo, o Monte Rushmore é visto por muitos norte-americanos como uma representação de superioridade racial diante dos nativos norte-americanos, sendo considerada uma construção vergonhosa e desnecessária.

Monumento para os nativos norte-americanos

A fim de se desculpar com os nativos norte-americanos e fazer uma homenagem, está sendo construído em outra parte do Black Hills o Crazy Horse Memorial.

A construção iniciou em 1948, entretanto, parece estar bem longe de ser concluída. Até agora, somente o rosto de um índio de 27m de altura está esculpido. O grande cavalo ainda está em construção e sem data para conclusão.

Quando estiver pronta, a escultura terá 172 m de altura, sendo muito mais alta que a do Monte Rushmore.

Turismo no Monte Rushmore

No Monte Rushmore há um memorial com uma grande área destinada para os turistas. Neste memorial, há restaurantes e lojas de souvenir que vendem réplicas do monte e lembrancinhas do local.

O local é o segundo ponto turístico mais visitado dos Estados Unidos, recebendo milhões de visitantes por ano.

Deixe Um Comentário