Entendendo a paralisia do sono

0

Você está deitado e consciente, mas, por mais que queria, não consegue se mexer, como se estivesse preso. A sensação é de terror! Muitas pessoas já vivenciaram essa experiência, chamada de paralisia do sono, enquanto dormiam.

O que é a paralisia do sono?

Trata-se de uma paralisia temporária do corpo após despertar ou antes de adormecer.

A paralisia ocorre quando o cérebro desperta de um estado REM, mas o corpo permanece “dormindo”. Isso faz com que a pessoa fique temporariamente incapaz de se mover. Esta sensação desconfortante dura de alguns segundos a minutos.

A paralisia do sono também pode ser acompanhada por alucinações. Não é raro, esses episódios serem encarados como um sonho, pois situações fantasiosas ocorrem durante os mesmos.

Os sintomas da paralisia do sono

Os sintomas da paralisia do sono são caracterizados pela incapacidade de a pessoa se mover e de falar.

Muitas pessoas também sentem uma pressão forte no peito que a impede de se levantar e como a consciência não está em seu estado pleno, há dificuldade em diferenciar o que é real ou não.

Há quem diga até mesmo que se sentiram saindo do corpo e flutuando.

Percepção de sufoco, gritos e sensação de aprisionamento também são relatados.

As causas da paralisia do sono

Até o momento, a medicina ainda não descobriu o que causa a paralisia do sono. Entretanto, há a hipótese de que condições como o estresse elevado, insônia, ansiedade e sono irregular pode influenciar na ocorrência desse evento.

A paralisia do sono traz riscos à saúde?

A paralisia do sono não causa danos diretos à saúde. Mas, se for uma ocorrência frequente, é comum as pessoas ficarem com medo de dormir ou até mesmo passem a apresentar um quadro de transtorno pós-traumático.

Nesses casos, recomenda-se o acompanhamento com um psicólogo ou psiquiatra, que pode até mesmo iniciar um tratamento com medicações usadas para o tratamento de depressão, ansiedade e síndrome do pânico.

Esses eventos também são estudados e tratados pela medicina do sono, que é a área médica que estuda as funções do sono, os distúrbios e seus impactos na vida das pessoas.

Problema já foi tratado como um evento sobrenatural

As ocorrências de paralisia do sono são relatadas há muito tempo.

No século XVIII, em 1781, o pintor suíço Henry Fusely criou a obra “O Pesadelo“, que é uma representação de um evento de paralisia do sono.

No quadro, é retratada uma criatura de aparência demoníaca sentada na região do tórax de um corpo feminino adormecido, enquanto que outra criatura observa. Isso mostra que esses episódios eram tratados naquela época como influência de forças desconhecidas e malignas.

No folclore brasileiro, é provável que a paralisia do sono tenha sido o motivo da criação da Lenda da Pisadeira, onde durante o sono, uma mulher pisa no peito da pessoa que vê tudo, mas não pode fazer nada.

Já na cultura norte-americana, esses eventos no sono são atribuídos a seres extraterrestres e as articulações dos seres da chamada Nova Era.

Deixe Um Comentário