A lenda urbana de Bloody Mary

0

A lenda urbana de Bloody Mary (também conhecida como Maria Sangrenta) é uma das mais conhecidas e recontadas por aqueles que gostam de histórias de terror.

Com certeza você já ouviu dizer que se chamar o nome “Bloody Mary” na frente do espelho três vezes um temível e sanguinário espírito feminino seria invocado.

Os místicos acreditam que o espelho seja uma espécie de portal entre o mundo dos espíritos e a nossa realidade. Dessa forma, chamar o nome da Bloody Mary no espelho seria uma forma de trazê-la para nosso mundo.

A lenda da Bloody Mary é tipicamente norte-americana, tendo sido exportada para o resto do mundo em diversas versões.

Origem da lenda de Bloody Mary

Como qualquer lenda urbana, a história da Bloody Mary tem diversas versões e supostas origens. Todas elas estão ligadas a histórias de violência e até mesmo crime.

Uma das explicações para o surgimento da Bloody Mary remete a uma mulher que teria  vivido no tempo da inquisição. Nessa época, algumas mulheres acusadas de serem bruxas eram perseguidas e queimadas na fogueira da Santa Inquisição.

Ao morrer queimada, uma mulher lançou uma maldição e jurou voltar para se vingar de todos àqueles que repetirem o nome dela.

Outras pessoas dizem que a lenda urbana da Bloody Mary teve origem com Elizabeth Bathory, que é tida como a versão feminina do Conde Drácula, isto é, Vlad, o empalador, implacável Príncipe da Valáquia, na Romênia.

Elizabeth Bathory foi uma condessa húngara conhecida por ser uma assassina cruel, que cometeu crimes por sua obsessão pela beleza. Por conta disso, Elizabeth ficou conhecida como “Condessa Sangrenta”.

A Rainha Maria Tudor, filha de Henrique VIII e de Catarina de Aragão, também pode ter dado origem a lenda. Por ter lutado para restabelecer o catolicismo na Inglaterra, ela ficou conhecida como “Maria, a Sanguinária“, ou seja, “Bloody Mary”.

Conta-se que a rainha tinha como ritual de beleza se banhar com sangue de meninas. Mas, esse fato não é confirmado, podendo ser somente mais uma história criada no imaginário popular.

A lenda de Bloody Mary no Brasil

Outra possível origem da lenda urbana, sendo esta mais conhecida no Brasil, é que se tratava de uma mulher muito bonita que após um acidente de carro ficou com o rosto totalmente desfigurado.

As cicatrizes fizeram com que ela fosse alvo de humilhações pelo fato de pessoas assustarem com sua aparência.
Então, para acabar com seu tormento, ela fez um pacto com o diabo para se vingar das pessoas que chamassem por seu nome.

No Brasil, esta lenda também é bastante conhecida como “Loira do banheiro”, muito popular em escolas de crianças e adolescentes.

O que pode ocorrer em um encontro com Bloody Mary?

Se você evocar a Bloody Mary, conta à lenda que ela pode arrancar seus olhos e desfigurar seu rosto com fúria assassina.

Dizem que ela pode até mesmo matar com resquícios de muita crueldade. Por isso, é melhor não a evocar.

Você tem coragem de fazer o teste?

Deixe Um Comentário