Ponte Laguna Gárzon: A ponte circular

0

No Uruguai, está localizada a única ponte circular do mundo. Trata-se da moderna Ponte Laguna Gárzon.

Ao passar pela ponte em um veículo, o visitante tem a oportunidade de contemplar a bela paisagem da Lagoa Gárzon (Laguna Gárzon) em 360 graus.

A estrutura da Ponte Laguna Gárzon

Em grande parte, as pontes são construídas em linha reta. Porém, a Ponte Laguna Gárzon além de ter uma estrutura circular, é um exemplo de funcionalidade e modernidade em uma só construção.

Os 323 metros de extensão da ponte ligam os departamentos de Rocha e Maldonado, que são separados pela Lagoa Garzón. Ambos os distritos possuem as melhores praias do Uruguai.

A distância de Rocha para a capital do Uruguai, Montevidéu, é de aproximadamente 128 km. Já de Maldonado para Montevidéu é de 137 km.

A estrutura da ponte é toda de concreto armado, sendo sustentado por vigas ocas. Essas vigas, estão ligadas a grandes colunas e pilares sob as águas da lagoa.

A ponte foi projetada pelo arquiteto Rafael Viñoly e levou um ano para ser construída. Ela foi inaugurada em dezembro de 2015.

Por que construir uma ponte circular?

A Ponte Laguna Gárzon foi construída em formato de anel com o objetivo de “obrigar” o motorista a reduzir a velocidade, e assim, contemplar a beleza da paisagem enquanto dirige.

Dessa forma, além de se tornar um bonito e moderno monumento que chamou a atenção do mundo, a ponte possibilitou a travessia da lagoa com mais agilidade e em menor tempo.

Antes da construção da ponte, os pedestres e veículos faziam a travessia da Lagoa Gárzon a partir de balsas. No entanto, em pouco tempo o projeto inovador se tornou uma atração turística, atraindo pessoas de todo o mundo para a região.

Uma prova disso é que, diariamente, uma média de mil carros passam pela ponte. Mas, este número vem aumentando com a popularização do local, que faz com que o fluxo de veículos aumente.

Por conta da necessidade de diminuir a velocidade e por haver faixa de travessia de pedestres, o risco de acidentes na ponte é baixo.

O potencial turístico da Ponte Laguna Gárzon

Além de ser utilitária para ligar os dois distritos uruguaios, a Ponte Laguna Gárzon também tem um espaço para caminhadas e prática do ciclismo com segurança.

Do raio de 51,5 metros da estrutura circular resulta uma lagoa central, que é usada na pesca recreativa com anzol. Assim, além da mobilidade a ponte também tem sido usada como opção de lazer.

Devido ao intenso movimento no local impulsionado pela construção da ponte, o distrito de Rocha passou a investir no turismo.

A fauna e a flora do local são protegidas por políticas de preservação ambiental. Dessa forma, para que não haja impacto na biodiversidade da região, apenas 35% do trecho pode ser utilizado para desenvolvimento.

Deixe Um Comentário