Saiba como ocorre a formação de um gêiser

0

Uma erupção de água fervente. Esta é a definição do gêiser, uma nascente termal que ao entrar em erupção lança uma coluna de água quente e vapor de ar.

Este fenômeno natural se constitui em um dos diversos tipos de vulcanismo secundário existentes.

O nome “gêiser” é derivado do verbo “gjósa” que em irlandês significa “jorrar”.

Como um gêiser é formado

Para que um gêiser seja formado, é preciso que a água subterrânea que se acumula das chuvas se junte a água dos lençóis freáticos.

Essa junção faz com que o líquido se choque com as fissuras e cavidades que estão em contato com lava e rochas vulcânicas em alta temperatura. O calor do material vulcânico faz com que a água vá se aquecendo de forma gradativa.

Como a água está em uma pressão alta, o ponto de ebulição também é alto, chegando a atingir temperaturas superiores a 200 ºC. Isso faz com que a água tenha seu volume expandido, ocasionando um jorro violento semelhante a um vulcão em erupção.

A força com que as erupções ocorrem provoca pequenos terremotos. As erupções de água podem atingir 80 metros de altura, com uma temperatura de até 100ºC.

Por este motivo, a área em volta do gêiser precisa ser de rochas compostas de silício, pois este é um mineral resistente aos tremores causados pelos jatos de água.

Depois do jorro de água escaldante, os depósitos subterrâneos voltam a acumular água novamente.

Gêiseres são um fenômeno raro

Para que seja possível a ocorrência dos gêiseres, é necessária uma hidrogeologia favorável que existe apenas em poucos locais do planeta. Em todo o mundo, há aproximadamente mil ocorrências de gêiseres.

A metade dos gêiseres do planeta está localizada no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O parque é o mais antigo do mundo e também referência no que diz respeito a proteção de áreas ambientais. Ele se estende pelos estados de Wyoming, Montana e Idaho.

O gêiser mais popular do parque e que fica em erupção com maior frequência é o Old Faithful (Velho Fiel), que lança jatos de aproximadamente 50 metros altura, com um intervalo médio de 80 minutos.

Há outros gêiseres no Chile, Islândia, Nova Zelândia e Rússia. Dentre eles, os Gêiseres de Tatio, localizados no Deserto de Atacama, no Chile, também são bastante populares.

Estes gêiseres possuem jatos que atingem uma média de 10 metros de altura, com temperatura de 85ºC. As erupções são causadas quando as águas geladas dos rios subterrâneos se chocam com rochas quentes.

Deixe Um Comentário