As sequoias gigantes da Califórnia

0

As sequoias gigantes são a grande atração do Parque Nacional das Sequoias (Sequoia National Park). O parque está localizado em uma área montanhosa de Sierra Nevada, na Califórnia e foi inaugurado em 25 de setembro de 1890.

Situado ao redor do Monte Whitney, que se eleva a 4,421m do nível do mar, este é o parque com a maior elevação dos Estados Unidos.

O local, que se constitui em uma cadeia montanhosa, é famoso por possuir árvores gigantescas. Aluns desses exemplares chegam a atingir cem metros de altura, o equivalente a um prédio de aproximadamente 33 andares.

Até a idade do gelo, há cerca de dez mil anos, as sequoias eram espécie de árvores comuns em toda a América do Norte. Atualmente, esta árvore só pode ser encontrada nessa região da Califórnia.

Por ano, mais de 1 milhão e meio de visitantes de todo o mundo vão ao Parque e se impressionam com a magnitude das sequoias.

As visitas podem ser feitas a pé ou de carro. A floresta possui trilhas sinalizadas para que os visitantes não se percam e acabem por se deparar com os animais que fazem parte da fauna do Parque.

Para saber mais informações acerca do parque, há o Giant Forest Museum, que conta a história do parque a partir de objetos e ilustrações.

Maior sequoia do mundo é a principal atração do parque

A árvore chamada de General Sherman é a principal atração do Parque. Isso porque, esta árvore é considerada a sequoia mais volumosa do mundo, tendo mais de 83 metros de altura e o tronco pesando cerca de 1400 toneladas distribuídas por 1500 metros cúbicos.

Para se ter ideia da dimensão da árvore, o peso dela seria o equivalente a aproximadamente 24 tanques de guerra. Estima-se que a árvore tenha em torno de 2700 anos.

Para chegar até a General Sherman, o visitante precisa fazer uma trilha dentro do parque na chamada “Giant Forest” (floresta gigante).

No caminho, é possível visualizar outras sequoias gigantes. Inclusive, no local estão cinco das dez maiores árvores do mundo.

Área do parque era habitada por índios

No Parque ainda é possível observar vestígios da ocupação indígena que data desde 1350. Na caverna chamada de “Hospital Rock“, há pinturas indígenas nas paredes que datam do século XIV.

Para relembrar a habitação indígena no local, que se manteve até a colonização, há no parque uma placa com o rosto de um índio.

Aproximadamente 500 índios moravam no local.

Túnel aberto em árvore caída também é atração

No parque, um túnel aberto no tronco de uma sequoia que caiu em 1937 é uma das grandes atrações do parque. O Tunnel Log dá ao visitante a sensação de passar pelo meio da árvore.

Estima-se que na época da queda a árvore já tivesse pelo menos 2 mil anos.

Caverna de Cristal também é atração do Parque

A Crystal Cave é uma das únicas das 240 cavernas do parque acessíveis ao público. A visita ao local é feita com um guia que explica sobre as estalactites e formações em mármore do local.

Antes de entrar na caverna, os visitantes precisam limpar os sapatos para proteger os morcegos de micro-organismos que podem ser mortal para eles.

Parque oferece opção de Hospedagem

Para quem deseja aproveitar cada pedaço do Parque, é possível se hospedar no local.

A pousada Wuksachi Lodge costuma ter as reservas concorridas, em especial no verão e nas férias escolares.

Sequoia mais alta do mundo

A sequoia mais alta do mundo está localizada em outro parque da Califórnia, no Parque Nacional de Redwood. A árvore foi descoberta em 2006 e mede mais de 115 metros de altura.

Deixe Um Comentário