Trolltunga: A pedra “Língua de Troll” da Noruega

0

Na Noruega há um ponto turístico muito famoso, conhecido como Trolltunga, que em norueguês quer dizer “Língua de Trol”.

Trata-se de uma formação rochosa localizada no sudoeste do país, sobre as águas do lago Ringedalsvatnet, no condado de Hordaland. Ela está rodeada por cumes montanhosos que chegam até 1500 m de altitude.

A formação tem esse nome por causa do formato peculiar que se assemelha a uma língua enorme e pontuda colocada para fora de uma boca.

A falésia esta localizada a 190 km de Bergen e a 17 km de Odda e tem cerca de 700m de altura. Ela se formou a mais de 10.000 anos e o visual do local é realmente de tirar o fôlego.

Trolltunga recebe muitos visitantes

Aproximadamente 40.000 turistas visitam a Trolltunga por ano. Para se chegar ao local, é preciso encarar uma trilha com mais de 20 km, que são recompensados por uma vista exuberante.

A trilha é bastante íngreme, e exige que a pessoa tenha preparo físico. O uso de equipamentos de segurança é recomendado para a escalada.

Para que os aventureiros não se percam, o caminho para a Trolltunga é sinalizado com a letra “T”.

Qual é a melhor época para fazer a trilha da Trolltunga?

Como o inverno na Noruega é bastante rigoroso, recomenda-se fazer a trilha para a Trolltunga entre os meses de junho a setembro.

Nesse período, não há a ocorrência de neve no local e é possível até acampar na trilha, passando alguns dias no local.

Somando a ida e a volta, o trajeto até a Trolltunga dura de oito a dez horas.

Morte já foi registrada no local

A popularização da Trolltunga como um ponto turístico na internet, em especial nas redes sociais, faz com que a cada ano o número de visitantes no local cresça.

Algumas dessas pessoas não têm preparo para fazer trilhas e chegam até mesmo a ingerir bebidas alcoólicas durante o percurso, o que é bastante perigoso.

Não há barreiras de segurança nas pedras e os turistas podem fazer fotos livremente. Apesar disso, o número de acidentes graves no local é considerado baixo.

Em 2015, no entanto, uma morte foi registrada no local quando uma australiana caiu do Trolltunga. A vítima foi Kristi Kafcaloudis, de 24 anos, que estava em um grupo de 30 pessoas que visitavam o local.

A jovem teria se desequilibrado enquanto fazia fotos na beira do precipício.

Visitantes se arriscam para conseguir a melhor fotografia

Há pessoas que não se intimidam com a altura e perigos dos desfiladeiros e chegam bem próximos da beirada ou ainda saltam e dão piruetas sobre a rocha.

Há também aqueles que tiram a roupa. Tudo para se conseguir uma foto perfeita para postar no perfil nas redes sociais.

Por isso, considera-se sorte o número de mortes no local não ser maior.

Deixe Um Comentário