7 Costumes exóticos de tribos africanas

0

A África foi o primeiro território a ser habitado e é rico em diversidade cultural. As tribos africanas possuem muitos costumes e diferentes etnias.

O continente africano possui mais de 50 países e mais de 20 grupos distintos. Cada um desses grupos possui sua própria tradição, costumes e cultura.

Alguns desses costumes podem nos parecer estranhos e diferentes. Assim, fizemos uma lista de costumes exóticos de tribos africanas. Confira:

1. Herança de esposas

Em algumas comunidades africanas, quando o irmão de alguém morre, esta pessoa pode herdar a mulher, ou seja, a viúva do morto.

Este é um meio que eles acreditam que vai fazer com que a família continue unida.

2. Tomar sangue fresco

Os membros da comunidade Samburu são tidos como povos bastante hospitaleiros do Quênia e Tanzânia.

Eles recebem os visitantes com grandes banquetes. Contudo, eles possuem um costume peculiar que é tomar sangue fresco, que pode ser misturado ao leite ou direto do próprio animal.

3. Argolas em volta do pescoço

Famosas em todo o mundo, as mulheres da tribo Ndebele, em Lesedi, na África do Sul, usam anéis de cobre e bronze ao redor do pescoço, braço e pernas.

As argolas serviam para que elas não fugissem dos maridos e nem olhassem para o lado.

Em algumas culturas africanas, as argolas são usadas para identificar status sociais e riquezas. Além de ser usado para a estética.

Usar as argolas é muito desconfortável para as mulheres e pode até mesmo deslocar a clavícula.

4. Homens barrigudos

Na tribo Me’en, na região de Bodi, na Etiópia, o padrão considerado de beleza é ter a barriga saliente. A comunidade possui até mesmo um concurso para eleger o homem mais gordo.

Cada tribo escolhe um candidato para participar e ele fica isolado por seis meses recebendo uma alimentação especial para engordar.

A dieta inclui até mesmo beber dois litros de sangue com leite.

5. Cicatriz é sinônimo de beleza

Em tribos africanas, como os Nuer, as cicatrizes na pele são consideradas símbolos de poder força e beleza.

Assim, eles fazem escarificação, puxando um pedaço da pele com um espinho e depois fazendo um corte com lâmina. Eles ainda colocam cinzas na ferida para que a cicatriz seja formada.

Os cortes não são feitos de forma aleatória, mas sim de modo a formar desenhos.

As cicatrizes são feitas em locais como peito, braços e rosto.

6. Caçadores de leões

Em uma comunidade do Quênia chamada Maasai para ter respeito como homem é preciso alcançar o status de “Moran”.

E isso ocorre quando ele vai para uma savana sozinho caçar um leão. Mas, na caçada não se pode usar armas de fogo, apenas uma lança.

7. Alargador nos lábios

Na tribo Surma, no lado ocidental do rio Omo, na Etiópia, as mulheres colocarem discos na boca é tido como símbolo de beleza.

O disco é feito de madeira e argila e é uma forma de mostrar o dote que a família de uma moça pode pedir por ela.

Quando as meninas atingem a puberdade, elas colocam o disco em um ritual. Os dentes da frente são retirados e é feito um corte nos lábio inferior. Dessa forma, os lábio começa a ser alongado.

Deixe Um Comentário