Os 10 animais australianos mais perigosos

Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Austrália possui uma grande biodiversidade de fauna e flora. O curioso é que os animais australianos estão entre os mais perigosos e peçonhentos da Terra.

O Museu de Sydney classificou as espécies mais perigosas da Austrália. Para compor essa lista, os pesquisadores levaram em consideração a ameaça que esses animais representam e a probabilidade se deparar com um deles.

Confira os 10 animais australianos mais perigosos:

1. Cobra-da-morte (Acanthophis Antarcticus)

A cobra-da-morte é considerada uma das serpentes mais venenosas do mundo

Nível de periculosidade: 7/10

A cobra possui o corpo grosso e a cabeça longa e triangular. Ela pode ser encontrada nas regiões secas da Austrália.

As presas longas dessa cobra penetram profundamente na pele da vítima. Essa espécie é mestre na camuflagem.

Esta cobra poe alcançar 80 cm de comprimento e é considerada uma das mais venenosas do mundo.

2. Taipan (Oxyuranus scutellatus)

O veneno hemotóxico da taipan destrói as células sanguíneas, causando hemorragias internas

Nível de periculosidade: 7/10

Esta é uma cobra encontrada no litoral australiano. Há seis espécies de taipan, sendo que a taipan do interior é considerada a mais venenosa.

O veneno dessa cobra é hemotóxico, o que faz com que as células sanguíneas sejam destruídas, causando hemorragias internas.

Essa cobra é de grande porte podendo alcançar de 2,5 a 3 metros de comprimento. O corpo é coberto de escamas lisas e a coloração vai do creme ao marrom.

3. Polvo-de-anéis-azuis (Genus Hapalochlaena)

Os anéis azuis dessa espécie de polvo são um sinal de alerta

Nível de periculosidade: 7/10

A costa australiana é cheia de animais perigosos. Nos mares desse país, há cerca de quatro espécies de polvo de anéis azuis.

Frequentemente acontecem acidentes com esses polvos quando eles são capturados e retirados do mar.

Os anéis dessa espécie de polvo ficam azuis quando eles se sentem ameaçados.

4. Aranha-teia-de-funil (Atrax robustus)

A aranha-teia-de-funil é entre os aracnídeos o mais perigoso dos animais australianos

Nível de periculosidade: 8/10

A aranha-teia-de-funil possui hábitos noturnos, pois a luz ultravioleta dos raios do sol pode matá-la.

Lugares como um sapato, guarda-roupas, troncos e pilhas de tijolos são perfeitos para esconderijos da aranha teia de funil, que também constroem abrigos debaixo de troncos.

Desde 1927, 14 mortes foram registradas por machos dessa aranha. É uma das aranhas mais venenosas do mundo.

5. Crocodilo-de-água-salgada (Crocodylus porosus)

O crocodilo-de-água-salgada é um réptil extremamente agressivo e mortal

Nível de periculosidade: 8/10

Essa espécie de crocodilo é natural do norte da Austrália e pode ser encontrada tanto no oceano quanto na água doce. Sendo este último habitat mais comum.

O crocodilo-de-água-salgada arma emboscada para atacar suas vítimas, sendo considerado um réptil extremamente agressivo e mortal.

6. Cobra-Marrom (Pseudonaja textilis)

Entre as serpentes, a cobra-marrom é o mais perigoso dos animais australianos

Nível de periculosidade: 8/10

Esta cobra pode ser encontrada na Austrália e em Nova Guiné.

Provavelmente, esta cobra é responsável pela maioria das mordes causadas por ataques de serpentes na Austrália.

A cobra-marrom chega a medir um pouco mais de um metro e possui comportamento extremamente agressivo.

A cobra-marrom é considerada uma das cobras mais venenosas do mundo.

7. Tubarão-cabeça-chata (Carcharhinus leucas)

O tubarão-cabeça-chata costuma causar acidentes com banhistas que são pegos de surpresa

Nível de periculosidade: 8/10

Esta espécie de tubarão pode ser encontrada em áreas costeiras, como rios e estuários, que são ambientes aquáticos de transição entre rios e mares.

O tubarão-cabeça-chata está sempre em busca de carcaças de baleias mortas, causando acidentes com banhistas que são pegos de surpresa.

É um dos tubarões mais perigosos para humanos.

8. Irukandji (Carukia barnesi)

Apesar do tamanho, o irukandji é uma espécie de água-viva muito perigosa

Nível de periculosidade: 9/10

O irukandji é uma água-viva muito pequena, do tamanho médio de uma unha.

Entretanto, os tentáculos desse cubozoa chegam a atingir até um metro de comprimento.

Apesar de serem encontrados em águas profundas, já foram relatados acidentes ao longo da costa australiana causado por esse animal.

9. Abelha-europeia (Apis mellifera)

Dos animais australianos mais perigosos as abelhas se destacam entre os insetos

Nível de periculosidade: 9/10

Esta abelha não é nativa da Austrália, mas causa muitas mortes no país.

Para os alérgicos, a picada de apenas uma dessas abelhas já pode ser mortal. Para as pessoas que não são alérgicas, aproximadamente 100 abelhas europeias colocam a vida de um adulto em risco.

Ao picar, a abelha-europeia perde seu ferrão. Por isso, uma abelha pode picar apenas uma única pessoa.

Este é um dos insetos perigosos para manter distância.

10. Vespa-do-mar (Chironex fleckeri)

A vespa-do-mar é o mais perigoso dos animais australianos

Nível de periculosidade: 10/10

Essa espécie de água viva é considerada a espécie mais perigosa entre os animais australianos. Ela é encontrada no norte da Austrália nos meses quentes, sendo responsável por muitos ataques a banhistas.

Os tentáculos enormes e mortais da vespa do mar chegam a ultrapassar os dois metros de comprimento. Os ataques ocorrem quando elas se aproximam da costa para fazer a reprodução em estuários.

Na água turva, fica difícil avistá-las, o que faz com que os acidentes com banhistas sejam frequentes.

Share.

Leave A Reply