As aranhas mais venenosas do mundo

0

Ser picado por aranhas venenosas, certamente, é algo que você não vai querer. Não é à toa que há pessoas que possuem verdadeiro pavor de aranhas, que é denominado de aracnofobia.

Na natureza, as aranhas possuem um papel importante como agente de controle biológico, mantendo o equilíbrio de população de outros insetos, ratos e diversos animais nocivos.

Por sorte, a maioria delas não estão presentes no ecossistema brasileiro.

Conheça a lista das aranhas mais venenosas do mundo:

5° – Aranha-de-costas-vermelhas

• Tamanho aproximado: de 0,4 cm a 1 cm
• Onde pode ser encontrado: Austrália

Nativa da Austrália, esta aranha pertence à família da viúva-negra.

Uma mordida da aranha-de-costas-vermelhas pode causar dificuldade para respirar, convulsões, espasmos musculares, enxaqueca, inchaço dos gânglios linfáticos e levar até mesmo ao coma em casos mais graves.

A característica principal dessa aranha é ter uma listra vermelha na parte de baixo das costas.

4° – Viúva-negra

• Tamanho aproximado: de 0,64 cm a 3,8 cm
• Onde pode ser encontrado: Continente Americano

A viúva-negra é o nome popular dado às aranhas do gênero Latrodectus, que é representado por 31 espécies de aranhas conhecidas em todo o planeta.

Essas aranhas recebem esse nome, pois as fêmeas possuem o hábito de comer o macho após o acasalamento.

Os casos de picadas não são frequentes, mas acidentes e picadas geralmente ocorrem quando essas aranhas são comprimidas contra o corpo. As fêmeas são as que picam.

As viúvas negras possuem como principal característica um desenho em forma de ampulheta em seu abdômen.

As toxinas do veneno atuam sobre as terminações nervosas provocando forte dor, queimação, sudorese, ansiedade, insônia, espasmos musculares, dificuldade para respirar e taquicardia.

3° – Aranha-teia-de-Funil

• Tamanho aproximado: de 1 cm a 5 cm
• Onde pode ser encontrado: Austrália

De origem australiana, a aranha-teia-de-funil, que também é chamada de “aranha de Sidney” é do gênero Atrax e da espécie Atrax robustus.

Esta aranha possui coloração marrom ou preto azualada e pode medir até 5 cm de comprimento.

Quando se sentem ameaçadas, essas aranham ficam sobre as patas traseiras, deixando à mostra as quelíceras, que são apêndices que elas usam para perfurar e injetar o veneno em suas vítimas.

As aranhas teia-de-funil produzem uma toxina que afeta o sistema nervoso. Em casos que a pessoa não seja tratada rapidamente, a picada pode ser mortal.

Isso porque, a toxina começa a fazer efeito minutos após entrar na corrente sanguínea.

2° – Aranha-da-areia

• Tamanho aproximado: de 4 cm a 5 cm
• Onde pode ser encontrado: Continente Africano e Sul da Ásia

A Sicarius sicariidae, diferentemente das outras aranhas, não tece teias para capturar suas empresas. Ao invés disso, ela usa a areia como disfarce.

Essas aranhas possuem pelos microscópicos que cobrem as costas e aderem a areia, o que faz com que elas se camuflem perfeitamente.

A picada da aranha-da-areia é tida como uma das mais letais do mundo. Isso porque, pode levar leva à perda de membros e até mesmo a morte e não existe antídoto.

Os sintomas são dor intensa após a picada, morte dos tecidos e necrose e, a medida que o veneno se espalha na corrente sanguínea, causa falência dos órgãos e rompimento dos vasos sanguíneos.

A sorte é que essas aranhas, que são nativas dos desertos africanos e asiáticos, evitam o contato com humanos.

1° – Aranha Armadeira

• Tamanho aproximado: de 12 cm a 15 cm
• Onde pode ser encontrado: Brasil

As aranhas armadeiras ou aranhas-de-bananeiras são do gênero Phoneutria e são conhecidas por sua agressividade.

O veneno delas é extremamente ativo em seres humanos e, por elas terem uma adaptação muito boa em ambientes urbanos, boa parte dos acidentes com artrópodes peçonhentos no Brasil são causados por ela.

O veneno da aranha armadeira causa dor intensa, dificuldade respiratória, contração muscular, aceleração ou diminuição dos batimentos cardíacos, suor, agitação, vômito, diarreia, arritmia cardíaca, ereção peniana persistente em homens, edema de pulmão e pode levar à morte.

Deixe Um Comentário