Saiba quais são as causas e o tratamento para artrose

0

A artrose (osteoartrite), é uma doença das articulações que pode ter diversas causas, como a obesidade e esforços físicos repetitivos.

A osteoartrite é a forma mais comum da artrite e possui como principal manifestação a degeneração das cartilagens juntamente com alterações das estruturas ósseas vizinhas.

Em geral, as articulações mais atingidas são as mãos, joelhos, coluna e a ligação da coxa com o quadril (coxofemurais).

A água constitui 70% da composição das cartilagens, o restante é constituído por colágenos e agregados de moléculas chamados de proteoglicanos. Se não houver as cartilagens das articulações, os ossos se chocam entre si.

Quando a artrose ocorre?

A artrose se dá quando há a elevação de conteúdo líquido no interior do tecido cartilaginoso.

Quando ocorre algum tipo de impacto, as cartilagens sofrem compressão e expulsam a água de seu interior. Essa água só é reabsorvida quando há o relaxamento das forças compressivas.

Comparação entre uma coluna vertebral normal e outra com artrose

Esta é a mais comum das doenças reumáticas, que se manifesta sinais em cerca de 80% a 90% das pessoas acima de 40 anos, mesmo que elas não apresentem sintomas.

As queixas de dores costumam aumentar conforme o avanço da idade.

As causas da osteoartrite

A osteoartrite trata-se de um processo natural de envelhecimento. Contudo, o desgaste também pode ser agravado por diversos fatores.

As causas primárias da artrose podem ser: obesidade, esportes com impacto e esforços físicos repetitivos.

O fortalecimento das articulações pode ser feito, entretanto, a partir do condicionamento de exercícios aeróbicos adequados que ajudam a reduzir os sintomas. Por isso, é importante que a prática de exercícios seja feita com o auxílio de um profissional.

As causas secundárias da artrose são consideradas a consequência de traumas, doenças reumatológicas inflamatórias, necrose óssea, o uso repetido de injeções intra-articulares de cortisona, doenças metabólicas, endócrinas e congênitas e entre outras.

Os sintomas da artrose

Em pessoas com menos de 40 anos não é comum apresentar sintomas da doença. A evolução é lenta e os sintomas costumam aparecer com o passar dos anos.

O principal sintoma é dor nas articulações, que começam leves e aumentam de intensidade. Nas fases iniciais, a dor aparece quando a pessoa se movimenta com intensidade e passa com o repouso.

Outros sintomas apresentados são a rigidez e diminuição da mobilidade articular, perda da flexibilidade, rangidos e estalos nas articulações e inchaço quando há inflamação.

Os regiões do corpo  mais acometidas

As articulações que mais sofrem com a artrose são as mãos, o que faz com que as articulações fiquem curvadas, limitando o movimento e causando vermelhidão dor e inchaço. São os chamados nódulos de Bouchard.

Os joelhos, que suportam o peso do corpo, também costumam sofrer com a artrose. Nas fases mais avançadas aparecem deformidades que desalinham os ossos.

Na coxofemural a dor é sentida na virilha ou na parte lateral da articulação. Eventualmente, há irradiação para as nádegas e joelhos, o que confunde o quadro. O comprometimento pode ocorrer nos dois lados, o que torna atividades simples bastante dolorosas.

Na coluna o local mais acometidos é a cervical baixa, no pescoço próximo aos ombros, e as últimas vértebras lombares, pouco acima das nádegas. Os sintomas são dores, espasmos, atrofias do músculo e limitação dos movimentos.

O tratamento para a artrose

Não há tratamento que diminua a evolução ou reverta o quadro, mas o condicionamento físico com exercícios como natação e caminhada é uma forma de controlar os sintomas e aliviar a dor.

O uso de analgésicos também pode ser receitado para episódios isolados de dor. Há ainda casos em que o tratamento é cirúrgico para a inclusão de uma prótese, retirada da parte óssea deteriorada, fusão cirúrgica de ossos ou mudança no alinhamento ósseo.

É essencial, portanto, o acompanhamento médico para encontrar a melhor solução para cada caso.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criado para Informar, entreter e divertir os leitores, o Mundo Intrigante oferece conteúdo editorial de grande valor cultural e curiosidades diversas.

Deixe Um Comentário