Conheça os tipos de hepatite e saiba como tratar

0

A hepatite é uma inflamação no fígado que pode ser causada por intoxicação de remédios, álcool ou outras drogas. A hepatite também pode ser causada por vírus.

As chamadas hepatites virais são classificadas por letras do alfabeto, sendo a A, B, C, D.

A hepatite é uma doença que causa a inflamação do fígado

Os sintomas das hepatites A, B e C

As formas de hepatites frequentemente podem não apresentar sintomas. Mas, quando apresentam há relatos de:

  • Desconforto e dor abdominal;
  • Dores musculares;
  • Fadiga;
  • Febre;
  • Urina escura;
  • Pele e olhos amarelados;
  • Náuseas, perda de apetite e vômitos.

Na hepatite C, o doente pode também ter coceira e sangramento no estômago e esôfago.

Sintomas mais comuns dos tipos de hepatite A, B e C

Como o diagnóstico da hepatite é feito

É muito importante procurar o médico, já que o diagnóstico precoce da hepatite C pode evitar que a doença evolua para cirrose.

Há testes rápidos para doença que o resultado sai em até uma hora. Esses testes, que estão disponíveis nos serviços públicos de saúde, são apenas para a hepatite B e C.

O exame para a hepatite também faz parte do pré-natal. Se a mulher grávida for diagnosticada com a doença, ela recebe o tratamento ainda durante a gestação.

Em testes rápidos de hepatite o resultado sai em até uma hora

Como prevenir a hepatite

A vacina é a forma mais eficaz de proteção para a hepatite A e B. Quem se vacina para o tipo B acaba recebendo imunização também para o tipo D. A vacina para hepatite A e B está disponível no Sistema Único de Saúde (SUS).

Vacinação é a melhor forma de prevenir a hepatite

A hepatite C não possui vacina. Assim, a prevenção deve ser feita evitando o contato com sangue contaminado, que pode ocorrer a partir do compartilhamento de objetos cortantes e o sexo desprotegido.

A cura para o tipo C é feita com medicamentos e possui 95% de eficiência.

Formas de prevenção das hepatites do tipo A, B e C
Outras formas de prevenção da Hepatite

Como ocorre a transmissão da doença

A transmissão da hepatite pode ocorrer a partir do contato com o sangue por meio do compartilhamento de seringas, agulhas, alicates de unha, lâminas de barbear e outros objetos.

Por isso, ambientes hospitalares, laboratoriais e odontológicos devem estar de acordo com o uso de materiais descartáveis.  O mesmo vale para os estúdios de piercing e tatuagem.

O contágio que pode ocorrer durante a gravidez ou o parto é chamado de Transmissão vertical.

A transmissão também pode ocorrer a partir da transfusão de sangue ou hemoderivados. Esse tipo de contágio é considerado raro, já que atualmente há um controle maior e melhores tecnologias para o tratamento do sangue.

Quais os tratamentos para as hepatites

Ilustração: Formas de tratamento para as hepatites

A hepatite C possui é curável em mais de 90% dos casos quando o tratamento é seguido corretamente. O tratamento é feito com remédios.

As hepatites do tipo B e D possuem tratamento e podem ser controladas evitando que haja a evolução para câncer de fígado ou cirrose.

Comparação de um fígado saudável e um fígado com cirrose

Já o tipo A é uma doença aguda que o tratamento é feito a base de repouso e dieta. A melhora ocorre em poucas semanas e a pessoa fica imune ao vírus, isto é, não terá uma nova infecção.

É essencial que hepatites virais sejam acompanhadas para que as infecções não se agravem.

Hepatites virais devem ser acompanhadas para que as infeções não se agravem
Compartilhe.

Sobre o Autor

Criado para Informar, entreter e divertir os leitores, o Mundo Intrigante oferece conteúdo editorial de grande valor cultural e curiosidades diversas.

Deixe Um Comentário