Diabetes: As causas e os tipos mais comuns

0

De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, há no Brasil 13 milhões de pessoas vivendo com essa doença. O que equivale aproximadamente 6,9% da população.

O diabetes é causada pela má absorção ou produção insuficiente de insulina, que é o hormônio que faz a regulagem da glicose no sangue e fornece energia para o nosso corpo.

A doença causa o aumento das taxas de glicemia, o que pode levar a consequências como complicações no sistema cardíaco, nervoso, urinário, na visão, e etc. Nos casos mais graves, a doença pode até mesmo causar a morte.

Quais os tipos de diabetes

A diabetes mellitus se apresenta de várias formas e possui diferentes tipos.

A diabetes tipo 1 surge geralmente na infância ou na adolescência, mas também pode aparecer na fase adulta. Por ser hereditária, pessoas com parentes próximos que têm a doença devem fazer exames regularmente para acompanhar o nível de glicose no sangue.

Não se conhece ainda a causa da tipo 1. Entretanto, a melhor forma de prevenção é manter hábitos saudáveis, como a prática de atividades físicas e uma boa alimentação.

Já o diabetes tipo 2 se manifesta quando o corpo não aproveita a insulina que produz. A causa desse tipo está relacionada ao sobrepeso, sedentarismo, hipertensão e colesterol e triglicerídeos elevados.

Assim, o tratamento médico é indispensável para o controle da glicose e também para o tratamento de outras doenças que possam aparecer com a diabetes.

A Diabetes Latente Autoimune do Adulto (LADA) é considerada um agravamento da tipo 2 e ocorre quando o corpo desenvolve um processo autoimune que começa a atacar as células do pâncreas.

A diabetes gestacional, como o próprio nome já diz, é uma condição temporária durante a gravidez em que as taxas de glicose ficam acima do normal. Esse tipo de diabetes afeta de 2% a 4% das grávidas.

O que é o pré-diabetes?

Chama-se de pré-diabetes quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos que o normal, mas ainda não o suficiente para se enquadrar no Tipo 1 ou Tipo 2 da doença.

Este é um alerta do corpo que pode aparecer em pessoas com sobrepeso, hipertensão ou com colesterol e triglicerídeos alto.

É importante atentar para essa condição, já que nessa etapa a diabetes ainda pode ser revertida a partir da mudança de hábitos alimentares e prática de exercício.

Os sintomas do diabetes

Os principais sintomas da doença são fome e sede em excesso, além da vontade de urinar muitas vezes ao dia.

O diabetes tipo 1 também tem como sintoma a perda de peso, fraqueza, fadiga, náuseas, vômito e mudanças de humor.

Já quem tem diabetes tipo 2 pode apresentar formigamento nas mãos e pés, feridas que demoram a cicatrizar, visão embaçada, infecções da bexiga e rins e infecções de pele.

As formas de prevenção do diabetes

Não tem segredo. A melhor forma de prevenir essa doença, assim como muitas outras, é manter hábitos de vida saudáveis, como:

  • Diminuir o consumo de sal, açúcar e gorduras;
  • Comer diariamente verduras, legumes e frutas;
  • Manter o controle de peso;
  • Praticar exercícios físicos regularmente (o indicado é pelo menos 30 minutos por dia);
  • Não fumar.

O tratamento para diabetes

Quem tem o tipo 1 da doença precisa tomar injeção diária de insulina para que a glicose no sangue se mantenha em valores normais.

A insulina deve ser aplicada diretamente na camada de células de gordura, abaixo da pele. Os melhores locais são na barriga, coxa, região da cintura e glúteo.

Além da insulina, também pode ser prescrito medicação oral, de acordo com a necessidade do paciente.

Para o Tipo 2, é identificado o grau de necessidade de cada paciente para a prescrição de medicamentos e tratamento. Em geral, esse tipo de diabetes vem acompanhado de outros problemas de saúde.

A hipoglicemia em diabéticos

A hipoglicemia é um nível muito baixo de açúcar no sangue e também é frequente em pessoas com diabetes, podendo causar desmaios e crises convulsivas.

O episódio ocorre quando o paciente pula refeições ou não se alimenta na hora certa, exagera na medicação, come menos do que o corpo precisa, ingere álcool ou aumenta a carga de exercícios físicos.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criado para Informar, entreter e divertir os leitores, o Mundo Intrigante oferece conteúdo editorial de grande valor cultural e curiosidades diversas.

Deixe Um Comentário