Discos voadores reais: Projeto 1794 Avrocar

0

Sempre ouvimos teorias da conspiração de que o governo dos Estados Unidos escondem discos voadores e até mesmo corpos de alienígenas.

Essa informação nunca foi confirmada, o que aumenta as especulações em torno de histórias envolvendo seres de outros planetas e naves espaciais. Contudo, há indícios de que a Força Aérea dos Estados Unidos se mostra interessada com a ideia de naves extraterrestres há um bom tempo.

Os EUA, de acordo com o site da revista WIRED tentaram desenvolver uma espécie de disco voador supersônico, que foi batizado de “Project 1794“, que teve início no ano de 1956.

O projeto detalhado da aeronave foi até mesmo divulgado pelo governo no site National Archives.

Inovador e ambicioso, o Projeto 1794 não foi para frente

O disco voador norte-americano teria sido construído para alcançar velocidades entre 3 e 4 Mach, isto é, cerca de 3 ou 4 vezes a velocidade do som.

Além disso, a nave teria sido projetada para executar manobras de pouso e decolagem vertical, já que era equipada com jatos propulsores.

A nave teria autonomia para se deslocar por 30,5 mil metros e viajar pela pela estratosfera com uma velocidade perto de 4,2 mil quilômetros por hora.

O projeto recebeu um investimento de US$ 3,168 milhões, mas ainda assim não foi para frente e acabou sendo engavetado. O motivo para o abandono do projeto não é conhecido.

Avrocar: Outra ideia de disco voador que não foi pra frente

O Avrocar foi projetado em sigilo para ser um verdadeiro disco voador e teve sua construção entre os anos de 1954 e 1961 (período da Guerra Fria), pela Força Aérea do Canadá.

A nave foi feita a pedido e com incentivos financeiros dos Estados Unidos, que como vimos anteriormente tinha interesse na construção de um protótipo de disco voador no “Projeto 1794”. Contudo, mesmo após um gasto de US$ 10 milhões este projeto também foi cancelado.

Trata-se de uma aeronave de plataforma circular para realizar voos pairados e horizontais em alta velocidade. Possuía também capacidade VTOL, isto é, com capacidade de decolagem e aterrissagem vertical.

O Avrocar foi construído pensando no interesse do Exército para a sobrevivência das tropas nos campos de batalha, além de ser uma forma de melhorar a capacidade aérea em relação às aeronaves e helicópteros que existiam na época.

O primeiro voo do Avrocar ocorreu no dia 12 de novembro de 1959 O sistema de controle da nave revelou-se ineficiente. Um novo sistema de controle foi colocado e os testes foram retomados em janeiro de 1960.

A velocidade máxima alcançada foi de 30 KTAS (cerca de 56 km/h). Acima dessa velocidade a nave oscilava de forma incontrolável.

Depois disso, novas mudanças foram aplicadas, mas o disco voador não ficou como o esperado e o Avrocar acabou se revelando uma engenhoca insuficiente para os objetivos das Forças Áreas.

O programa foi oficialmente encerrado em dezembro de 1961, pondo fim ao sonho dos discos voadores norte-americanos.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criado para Informar, entreter e divertir os leitores, o Mundo Intrigante oferece conteúdo editorial de grande valor cultural e curiosidades diversas.

Deixe Um Comentário