Entenda como funciona a teoria do multiverso

0

O multiverso de acordo com a ciência seria um grupo hipotético de todos os universos possíveis. Será que estamos vivendo em um Universo no meio de tantos outros?

O físico Stephen Hawking defendia a ideia de que há muitos outros universos com galáxias, estrelas e planetas completamente desconhecidos. Contudo, não há evidências de que esses universos paralelos de fato existam.

Stephen Hawking

Juntamente com Thomas Hertog, Hawking buscava sinais, a partir da observação dos cosmos, de que há mesmo esses outros universos.

Thomas Hertog

Uma das últimas teorias desenvolvidas por Stephen Hawking

Dois meses após a morte de Hawking, seu último artigo foi publicado no periódico científico Journal of High Energy Physics.

O estudo nomeado de “Uma Saída Suave para a Inflação Eterna?” (A Smooth Exit from Eternal Inflation?) baseado na teoria da inflação cósmica, que diz que após o Big Bang o Universo expandiu de forma tão veloz que em um certo momento desacelerou.

Algumas áreas continuaram a expandir e outras pararam de inflar por completo, o que ocasionou a formação de bolhas no espaço estático.

Assim, nas bolhas em que a expansão continuou poderia ter se desenvolvido universos diferentes. Assim, o universo que vivemos seria apenas um entre outros incontáveis e até infinitos mundos.

Após a morte de Hawking, em 2018, Thomas Hertog continua pesquisando sobre o assunto e possui incentivos de uma universidade belga para estudar questões mais profundas do Universo.

Para Hawking, o Universo em que a Terra está seria somente um entre tantos outros.

O Big Bang, que deu origem ao universo teria sido o início de um período de expansão após um início de contração.

O astrofísico estudava ainda a possibilidade desses Universos estarem conectados. Esta concepção era sustentada a partir da teoria do Big Bounce.

O Big Bounce (Grande Rebote) teria ocorrido nesse período de contração. Isso sugere que o nosso universo pode ser o primeiro ou o bilionésimo.

A teoria que justifica o Big Bounce é que como a densidade se aproxima do infinito, o comportamento da espuma quântica, que seria a fundação do tecido universo, muda. Assim, todas as chamadas constantes físicas não seriam constantes.

Cientistas buscavam refutar o Big Bang

Em um artigo publicado, Hawking e Hertog refutavam a teoria do Big Bang. De acordo com eles, o conceito deveria se estender muito mais do que uma simples explosão.

Para provar que sua teoria estava certa, Hawking queria fazer um experimento que provaria de uma vez por todas a existência de outros universos paralelos ao que nós habitamos.

O experimento utilizaria a matemática complexa para detectar ondas poderosas provenientes do Big Bang e que seriam capazes de criar um multiverso.

Motivos que levam a crer que Hawking e Hertog estão certos

Há vários fatores que levam a crer que Hawking e Hertog possuem razão na teoria do multiverso. Uma delas é a Teoria da Inflação eterna que falamos acima.

Isso porque, os cientistas ainda não conseguem ter uma explicação exata para a coordenada de espaço-tempo do universo. Acredita-se que ela seja plana e esteja em constante expansão e é bem provável que essa coordenada seja infinita.

Já a teoria dos universos paralelos sugere que há outros Universos que estão distantes da nossa realidade.

Ainda que não se tenha evidências concretas, segundo Hertog, os infinitos universos que possam vir a existir seriam uma extensão substantiva na noção de realidade física que a humanidade possui.

Deixe Um Comentário