Grande Esfinge de Gizé: Um famoso ponto turístico

0

A Grande Esfinge de Gizé, também conhecida como Grande Esfinge, é um monumento que teve sua construção na época do Egito Antigo.

Ela está localizada próxima às Pirâmides do Egito, nas margens oeste do rio Nilo e nos arredores do Cairo.

As três pirâmides, que são Quéops, Quéfren e Miquerinos e a Esfinge fazem da Necrópole de Gizé um dos mais famosos sítios arqueológicos do mundo.

A construção do monumento

A data de construção da esfinge é incerta. Pesquisadores acreditam que a construção tenha ocorrido por volta de 2500 a.C, enquanto o Faraó Quéfren estava no poder.

Contudo, há historiadores que defendem que o monumento seria muito mais antigo, tendo sido construído em 10.000 a.C.

O significado da Esfinge

No idioma egípcio o termo “esfinge” significa imagem viva. Isto é, o monumento seria uma espécie de guardião da Península de Gizé e também representaria a força do Faraó.

A Grande Esfinge teria sido construída com a cabeça do faraó Quéfren, que para os egípcios era tido como uma divindade, o Deus Sol.

Estátua do Faraó Quéfren

Há uma lenda que conta que por volta de 1400 a.C, Tutmés IV teria dormido ao lado da esfinge e sonhado com o Deus do Sol, que teria pedido a ele que retirasse a areia que encobria a construção. Em troca, o Deus o transformaria em um grande Faraó.

Entre as patas dianteiras da esfinge há uma placa de granito vermelho que descreve essa passagem.

Por causa das tempestades de areia que acometem o deserto, o corpo da esfinge ficou recoberto de areia por milênios. O monumento só foi totalmente descoberto em uma operação entre os anos de 1925 e 1936 que retirou toda a areia.

Ao longo dos anos, o monumento já foi restaurado várias vezes, sendo um dos pontos turísticos mais visitados do mundo.

A estrutura da Esfinge de Gizé

A construção remonta uma figura mítica híbrida com corpo de leão e cabeça humana. O leão é a representação da proteção. O turbante do faraó está voltado para o sentido do sol.

O monumento é feito em pedra calcária e possui 73 metros de comprimento, 20 metros e altura e 19 metros de largura.

A Grande Esfinge é a maior do mundo e também a maior estátua esculpida em um grande bloco de pedra. Apenas as patas são feitas de tijolos.

Por dentro da Esfinge

Ainda que o Governo do Egito afirme que o interior da Grande Esfinge seja maciço, radares detectaram que há túneis lá dentro. Contudo, não foram permitidas escavações e a existência desses espaços não pode ser constatada.

Foram achadas duas estradas no monumento, sendo uma no quadril e outra entre as patas traseiras e dianteiras. Por serem passagens subterrâneas que não tinham saída, elas foram seladas para preservar a estrutura.

Durante a exploração do monumento, foram encontradas diversas múmias, já que fazia parte da cultura egípcia mumificar os mortos e colocá-los dentro de monumentos para protegê-los.

Os egípcios acreditavam que os faraós eram eternos. Assim, o processo de mumificação era importante para que o corpo fosse conservado.

Deixe Um Comentário