Os lugares mais secos do mundo

0

Cerca de 70% do nosso planeta é coberto de água, sendo esse elemento é essencial para todas as formas de vida. Contudo, enquanto que há lugares que possuem altos índices de chuvas, há outros em que a água é bastante escassa, o que constitui em um clima desértico.

A seguir, confira uma lista dos lugares mais secos do mundo:

5° – Luxor – Egito

O índice pluviométrico de Luxor é de cerca de 0,862 mm por ano. Esta cidade do alto Egito é considerada como o berço de boa parte das antiguidades do mundo.

Na temporada considerada de menos calor, um vento quente conhecido como khamsin pode soprar do deserto e trazer com ele uma tempestade de areia.

Essas tempestades podem durar até dois dias e o vento pode atingir a velocidade de 150 km/h.

Mesmo durante os dias mais frios, a temperatura máxima passa dos 22 °C.

4° – Aswan – Egito

Outros dos lugares mais secos do mundo, essa cidade no sul do Egito também possui clima desértico e precipitação média de 0,861 mm por ano.

No verão, que é a estação mais longa, as temperaturas ultrapassam os 40 °C.

Nos dias de temperaturas mais baixas, os termômetros marcam acima de 23 °C. O inverno em Aswan é curto e quente.

A cidade também tem proximidade com o Trópico de Câncer, o que contribui para as altas temperaturas e tempo seco.

Ventanias que carregam areia a mais de 160 km/ h são comuns na cidade.

3° – Al-Kufrah – Líbia

Localizada na parte central do deserto do Saara, Al-Kufra é o ponto mais seco da África.

O local é uma bacia e grupo de oásis de Cirenaica. Dos oásis surgem fontes naturais de água que saciam pessoas e animais e também são usadas para a agricultura.

O deserto é de baixa altitude e tem dunas de areia de até 300 metros de altura.

O índice de chuva médio na cidade é de 0,860 mm por ano.

2° – Arica – Chile

Arica é considerada a cidade mais seca do planeta. O índice pluviométrico é de apenas 0,761 mm por ano.

Trata-se de uma cidade portuária que possui um alto nível de umidade e cobertura de nuvens.

Apesar disso, a umidade não chega ao solo, por conta do deserto do Atacama, que faz com que a umidade fique presa nas montanhas e que só o ar seco do deserto circule.

Para se ter ideia, há lugares no deserto do Atacama que não recebe chuva há mais de 500 anos.

1° – Dry Valleys – Antártida

Quando se pensa na Antártida vem logo à mente um lugar coberto de neve e muito frio. Entretanto, nos vales secos a umidade é extremamente baixa, sendo uma região livre de gelo.

As montanhas próximas ao vale são altas o suficiente para bloquear o mar de gelo que tenta chegar na região.

Essa condição extrema e única ocorre porque o ar frio e denso é puxado para baixo por causa da força da gravidade.

Os ventos são extremamente fortes e podem atingir velocidades de mais de 320 km/h.

À medida que o ar desce ele vai aquecendo e evaporando a água, o gelo e a neve.

Para se ter uma ideia, a precipitação neste local, que é considerado o mais seco da Terra, é zero e os vales são o local da Terra que mais se assemelha à superfície de Marte.

Isso tudo coloca Dry Valleys na primeira posição entre os lugares mais secos do mundo.

Compartilhe.

Sobre o Autor

Criado para Informar, entreter e divertir os leitores, o Mundo Intrigante oferece conteúdo editorial de grande valor cultural e curiosidades diversas.

Deixe Um Comentário