Os museus mais excêntricos do mundo

0

Os museus são locais destinados a reunir coleções, seja para a conservação, estudo ou exposição.

Há peças que possuem relevância histórica e social, por serem resquício do passado e ajudarem a desvendar o mesmo.

Contudo, há museus excêntricos, criados para objetos bastante inusitados e, aparentemente, sem muita importância.

Conheça os 5 museus mais estranhos do mundo:

1. Museu da morte

Localizado em Bangkok, na Tailândia, o Museu Médico Siriraj, mais conhecido como Museu da Morte possui um grande acervo de restos mortais conservados em formol.

A coleção do museu conta com caveiras perfuradas por projéteis, cérebros com hemorragias, membros mutilados e também o corpo mumificado de Si Quey, famoso canibal e assassino de crianças da década de 1950. Sinistro, não é mesmo?

2. Museu do pênis

O Museu Falológico Islandês está localizado na cidade de Reykjavik. O museu foi fundado em 1997 pelo professor Sigurður Hjartarson.

Desde 1974, quando ganhou um açoite feito com pênis de touro, que Sigurður Hjartarson reúne sua coleção.

O museu reúne quase 300 exemplares de pênis, incluindo órgãos retirados de ratos e baleias.

3. Museu da arte ruim

Quando se pensa em museu automaticamente se associa a obras de arte dignas de exposição, não é mesmo?

Na contramão desse pensamento, o Museu da Arte Ruim (Museum of Bad Art) faz homenagens às obras de artes que não deram muito certo.

Este museu está localizado em Brookline, no estado norte-americano de Massachusetts.

O museu, segundo informações que constam em seu site, possui a missão de mostrar o pior da arte, sendo a única instituição dedicada à coleção e celebração da arte ruim.

4. Museu do miojo

Com certeza o miojo já salvou muita gente em um momento de fome.

Não é à toa, que o macarrão instantâneo é tido como uma das grandes invenções do pós II Guerra Mundial.

O sucesso é tanto que na província de Yokohama, no Japão, há um museu em sua homenagem.

No Momofuku Ando Instant Ramen Museum é possível conhecer diversos tipos de pacotes de miojo que há no mundo.

O macarrão instantâneo foi criado em 1958 pelo japonês Momofuku Ando, que deu o nome de “Chicken Ramem” à sua invenção.

Neste museu peculiar, os visitantes podem conhecer mais sobre a história da criação do macarrão instantâneo e também sobre seu criador.

Ao final, quem visita o museu ainda pode imprimir sua foto na embalagem de macarrão instantâneo.

5. Museu de cabelos

O artesão turco, Chez Galip, certa vez ganhou uma mecha de cabelo de uma amiga que se mudou para outra cidade.

Foi daí que ele começou a coleção para seu Museu de Cabelos, que fica em Avanos, na Turquia.

Atualmente Galip já possui mais de 16.000 amostras capilares de mulheres.

Todas essas amostras estão catalogadas com o nome e naturalidades das moças. Uma coleção bastante peculiar!

6. Museu do Sexo

Um museu totalmente sem pudores que abriga artes e objetos considerados históricos sobre sexo. Este é o Museu do Sexo, que está localizado na famosa Quinta Avenida, em Nova Iorque.

O museu possui mais de 15 mil itens, entre obras de artes, figurinos, fotografias e objetos.

Entre as excentricidades do museu há a possibilidade de saltar em um pula-pula em formato de seios infláveis.

Deixe Um Comentário