As obras de arte mais caras já leiloadas

0

O mercado de obras de arte movimenta milhões de dólares a partir da negociação entre colecionadores e museus. São diversos os fatores que influenciam no valor da obra de arte, como o artista que a fez, o período da arte, a raridade e entre outros.

A seguir, confira as obras de arte mais caras já vendidas e o valor de cada uma delas:

5° – Les femmes d’Alger – Pablo Picasso

O quadro Les femmes d’Alger (As mulheres de Argel) é uma pintura do pintor espanhol Pablo Picasso em homenagem ao seu amigo e ex-rival Henri Matisse.

O quadro é o último e também o mais famoso das 15 variações da série “Les femmes d’Alger”, que Picasso começou em 1954 após a morte de Henri Matisse.

A obra foi vendida em maio de 2015 por US$ 179,36 milhões. O valor inicial da obra era de US$ 140 milhões e foi vendida em até 11 minutos em um leilão da casa Christie’s, em Nova Iorque.

4° – Le Joueurs de cartes – Paul Cézanne

A tela Le Joueurs de cartes (Os jogadores de cartas) trata-se de uma série de cinco de pinturas a óleo feitas entre 1890 e 1895 por Paul Cézanne, pintor pós-impressionista francês.

A família real do Catar arrematou o quadro por US$ 250 milhões.

As outras quatro obras estão nas coleções do Museu Metropolitano de Arte de Nova York, o Museu de Orsay de Paris, o Courtauld de Londres e a Barnes Foundation da Pensilvânia.

3° – Nafea Faa Ipoipo? – Paul Gauguin

Nafea Faa Ipoipo? (Quando Você Casa?) é uma pintura a óleo feita pelo pintor pós-impressionista francês Paul Gauguin.

Em suas obras Gauguin desenvolveu formas de representação da natureza, onde são usados cores vivas fechadas com linha negra. Isso mostra que também revela que o pintor possui influência na gravura japonesa.

Em 2014, a obra “Quando Você Casa?” foi arrematada por US$ 300 milhões.

Antes disso, o quadro pertencia ao colecionador suíço Rudolf Staechelin e foi vendida a um comprador do Catar.

2° – Interchange – Willem de Kooning

O quadro Interchange é um óleo sobre tela do pintor holandês expressionista abstrato Willem de Kooning.

O quadro foi concluído em 1955 e marca sua mudança de estilo para o abstrato.

Em 2012, a obra foi vendida por US$ 300 milhões para o bilionário norte-americano Ken Griffin.

1° – Salvator Mundi – Leonardo da Vinci

A obra Salvator Mundi possui sua autoria atribuída ao renascentista Leonardo da Vinci. Trata-se de um retrato de Jesus Cristo feito no estilo renascentista.

Possivelmente, o quadro foi pintado por Da Vinci para Luís XII da França e provavelmente foi encomendado após a conquista de Milão e Gênova, por volta de 1500.

O quadro, que representa Jesus segurando uma esfera, que seria o globo terrestre, foi redescoberto em 2005 e teve sua atribuição a Da Vinci contestada. Ele foi restaurado e exibido em 2011.

Em 15 de novembro de 2017, o quadro foi vendido em um leilão feito pela Christie’s em Nova Iorque por US$ 450,3 milhões, estabelecendo a marca de pintura mais cara já vendida.

Deixe Um Comentário